AYURVEDA: "o conhecimento da vida"

Buda da Medicina

 As primeiras palavras proferidas pela Dra. Varsha, em sua aula de diagnóstico ayurvédico, foram: " o Ayurveda é um shastra". A palavra "shastra", de significado amplo, pode ser entendida como um tratado ou um texto escrito em explicação de uma ideia, no caso do Ayurveda, trata-se de uma obra que aborda "o conhecimento da vida", a ciência que traz saúde ao nosso corpo. Basicamente o Ayurveda se propõe a nos ensinar a vivermos de forma adequada tendo claro os objetivos da vida:

- DHARMA: forma correta, missão;
- ARTHA: ganhar dinheiro de forma adequada;
- KAMA: desejo adequado;
- MOKSHA: libertação dos ciclos de nascimento e morte.

     Ao iniciar um tratamento ayurvédico você toma conhecimento das ações que o (a) afastaram dos objetivos da vida, a causa de todas as doenças,  através de ações inadequadas da mente, do corpo e do espírito; como por exemplo, rotina alimentar, atividade física (ou ausência desta), rotina de trabalho, sono, etc. E você retomará o caminho de sabedoria, primeiro através da cura da doença, depois aprendendo o que lhe é mais adequado nestas rotinas. Por exemplo, uma pessoa com desequilíbrio do dosha VATA  não deve ingerir vegetais crus, nem beber bebidas geladas, nem fazer atividades físicas enérgicas; rotina culturalmente aceita em nossa sociedade. 
 Os sintomas iniciais de que o dosha VATA entrou em desequilíbrio em você são os seguintes: gases, constipação e insônia; depois ele habitará algum ponto vulnerável (cármico) da pessoa, como: Sistema Nervoso Central (ansiedade, pânico, distúrbio bipolar, Parkson, etc), órgãos reprodutivos (ciclos menstruais irregulares, ovários policístico, infertilidade e abortos), sistema esquelético (osteoporose), etc.

     Contacte um terapeuta ayurvédico e manifeste todo seu potencial de vida.
     Vida longa!
     
"Tudo o que importa é ter um bom coração"
           Chagdud Tulku Rinpoche

Nenhum comentário:

Postar um comentário